UMA prova para duros

Autor: Vitor Dias  /   Agosto 02, 2022  /   Publicado em noticias
Tags: melides troia, ultra maratona atlântica, UMA

UMA prova para durosGoste ou não de história, esteja ou não familiarizado com a história contêmporânea nacional, referir a palavra Grândola quase que de imediato lhe atribuirmos o sufixo vila morena, graças à célebre canção do cantor Zeca Afonso.

Mas a vila é muito mais do que a célebre canção anuncia. Para além de muitos mais atributos naturais, a sua orla costeira é caracterizada pelos seus 45 km de praias de areias brancas e águas cristalinas, onde se realiza a Ultra Maratona Atlântica (UMA), prova esta que se destaca já no panorama “maratonístico” internacional.

O seu interesse além fronteiras ficou bem patente na edição deste ano com atletas oriundos de 10 países (Portugal, Espanha, França, Países Baixos, Luxemburgo, Suiça, Estados Unidos da América, Canadá, Vietname e China).

Se correr 42 km é um desafio, fazê-lo na maior extensão de areia da europa é ainda muito mais. Estes parecem ser os ingredientes para que cada vez mais atletas rumem a esta vila alentejana no último fim de semana de Julho.

O evento que vai já na sua 17ª edição, conta com duas distâncias à escolha dos corredores, a Ultra Maratona Atlântica (UMA) de 43 km e a Corrida Atlântica que percorre 15 km de areal. Inscreveram-se para ambas provas 620 atletas (192 na UMA e 428 na Corrida Atlântica).

“a maior dificuldade que encontro nesta prova é o facto de correr sozinha o tempo todo”.

Patrícia Marques, vencedora da prova por 9 vezes.

A areia fina, a inclinação, a preia mar e o calor foram as principais dificuldades apontadas como os maiores “inímigos” destes amantes das corridas de dureza extrema.

Numa organização considerada pela maioria dos atletas como quase perfeita, é por muito evidente a satisfação, a alegria nos rostos de todos os que cortaram a meta, num ambiente diferente de todas as provas existentes, pois terminar em plena praia, com a Serra da Arrábida como pano de fundo, os aplausos dos verenaneantes e a voz pussante do jovem vendedor de bolas de berlim.

Quando uma prova faz parte da agenda anual de algumas dezenas de atletas, quer dizer que esta tem realmente algo de especial. A Ultra Maratona Atlântica já faz parte dessa lista e que quem lá vai quer voltar.

E de facto voltam, sofrem, convivem num ambiente diferente de todas as outras provas.

RESULTADOS UMA – PÓDIUM MASCULINO

1 -Carlos Papacinza – 03:02:51

2 – Edgar Sobral Matias – 03:08:34

3- Miguel Ângelo Arsénio – 03:16:09

RESULTADOS UMA – PÓDIUM FEMININO

1 – Patrícia Serafim Marques – 03:36:34

2 – Chantal Xhervelle – 04:35:52

3 – Isabel Maria Moleiro – 04:44:03

RESULTADOS ULTRA MARATONA

 

CORRIDA ATLÂNTICA – PÓDIUM MASCULINO

1 – Bruno Miguel Paixão- 00:48:35

2 – Manuel Muando – 00:53:28

3 – Paulo Martins- 00:53:31

 

CORRIDA ATLÂNTICA – PÓDIUM FEMININO

Kcénia Bougrova 00:58:10

Inês Filipa Marques 0:58:46

Ana Margarida Lourenço 01:02:51

RESULTADOS da 17ª ULTRA MARATONA ATLÂNTICA MELIDES – TRÓIA

RESULTADOS CORRIDA ATLÂNTICA

Sobre Vitor Dias

Autor e administrador deste site. Corredor desde 2007 tendo completado 59 maratonas em 17 países. Cronista em Jornal Público e autor da rubrica Correr Por Prazer em Porto Canal. Site Oficial: www.vitordias.pt
Urban Trail Lisboa

Comentários encerrados.

X